quinta-feira, 19 de novembro de 2009

COOPERATIVISMO EM DEBATE NO PARANÁ.

Avaliar o passado e pensar o presente é um exercício que exige sensibilidade para captar os fenômenos sociais e, a partir deles, projetar o futuro. Neste sentido, olhares e vozes de 7 países da América Latina, e de 2 países da Europa, vão convergir em conhecimentos e experiências fundamentais para o avanço da organização popular e dos processos que levam à implementação de políticas públicas na América Latina, estas destinadas à economia solidária, ao cooperativismo e outras formas de cooperação autogestionárias.

Para possibilitar um espaço de densa reflexão, o Seminário Organização Popular e Cooperativismo na América Latina, organizado pelo Núcleo de Direito Cooperativo e Cidadania da Universidade Federal do Paraná, é a unificação de 4 eventos: II Seminário de Direito Cooperativo e Cidadania da Universidade Federal do Paraná (UFPR); V Seminário Acadêmico Internacional dos Processos Cooperativos e Iniciativas Econômicas Associativas (Procoas/AUGM); V Encontro do Comitê Procoas; e oXIII Encontro Nacional da Rede de Incubadoras Tecnológicas de Cooperativas Populares (ITCP’s).

As atividades, que serão realizadas entre os dias 18 e 20 de Novembro, na sede da Faculdade de Direito da UFPR, também comemoram os 10 anos dos cursos de Mestrado e Doutorado em Direito Cooperativo e Economia Solidária, da Universidade Federal do Paraná, e os 10 anos da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Universidade.

Estado, Mercado e Sociedade são os eixos marcos que norteiam a programação do evento, sendo a Organização Popular e o Cooperativismo na América Latina o tema que unifica, dirige e dá transversalidade às falas. Entre os participantes estão: Márcio Pochmann, presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e professor da Unicamp; Mikel Lezamiz, representante da Mondragón Corporacion Cooperativa (MCC); Sílvia Ferreira, professora da Faculdade de Economia e pesquisadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra; Ainhoa Larrañaga, professora da Universidade de Mondragón e pesquisadora do Instituto Lanki; Jaime García Ruiz, professor da Universidade Central de Las Villas, em Cuba; Diego Barrios, professor da Universidade Nacional do Uruguai e presidente do PROCOAS; José Antônio Peres Gediel, coordenador do Programa de Pós-graduação em Direito da UFPR e Rogério Mauro, integrante do Movimento Sem Terra (MST) e coordenador do curso de Tecnólogo em Gestão Cooperativa.

Por meio de conferências, palestras, oficinas e apresentação de trabalhos acadêmicos, previamente selecionados, espera-se promover o intercâmbio de informações e práticas entre pesquisadores, técnicos e gestores do movimento associativo da América Latina, e demais países, favorecendo a integração e inovação de conhecimento.

O Seminário Organização Popular e Cooperativismo na América Latina é uma iniciativa do Núcleo de Direito Cooperativo e Cidadania (NDCC/UFPR), em conjunto com a Rede de Incubadoras Tecnológicas de Cooperativas Populares (ITCP’s), e do Comitê Acadêmico sobre Processos Cooperativos e Iniciativas Econômicas Associativas (PROCOAS) da Associação de Universidades do Grupo Montevidéu (AUGM). O evento também tem o apoio do Programa de Pós-graduação em Direito (PPGD/UFPR), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), da Mundukide Fundazioa, European Foundation for Public Policies (Ezai Fundazioa), Instituto de Estudios Cooperativos (Lanki/Mondragon Unibertsitatea), Centro de Desenvolvimento Sustentável Agropecuário de Educação e Capacitação em Agroecologia e Meio Ambiente (Ceagro), Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e da Via Campesina.

As inscrições para o Seminário são gratuitas e podem ser feitas, a partir do dia 30 de Setembro, pela nossa página . Para mais informações e esclarecimentos, mande mensagem para o endereço eletrônico: direitocooperativo@ufpr.br
Fonte: direitocooperativo@ufpr.br

2 comentários:

  1. O evento será transmitido ao vivo. Acesse: http://tv.ufrj.br/itcp
    Participe do chat em http://www.cooperativismopopular.ufrj.br/chat/.

    ResponderExcluir